Simpatias Para Ano Novo

Escrito por Jardinaria

Muitas pessoas acreditam que fazer uma simpatia na virada do ano ajuda a melhorar a sorte, encontrar um amor ou até mesmo ganhar mais dinheiro. Desta forma, trouxemos algumas simpatias para te dar uma mãozinha na virada do ano! BONS FLUIDOS (Large) DINHEIRO (Large) TRANQUILIDADE (Large)

PARA SE FAZER AMADA (Large) SORTE NO AMOR (Large)

AFASTAR TRISTEZAS (Large)

Não sabemos se realmente funciona, mas lembrando que antes de qualquer coisa o importante é acreditar e ter fé para que a simpatia possa funcionar!

Árvore de Natal

Escrito por Jardinaria

A Árvore de Natal faz parte das tradições cristãs. Surgiu por volta do ano de 1530, na Alemanha, quando um senhor chamado Martinho Lutero, em uma determinada noite caminhava pela floresta quando se encantou ao ver um pinheiro coberto de neve sob a luz das estrelas, ao chegar em casa, Lutero tentou reproduzir para a sua família a linda imagem que havia visto, utilizando galhos de pinheiros, algodão para simbolizar a neve e algumas velas para imitar as estrelas. Esta reprodução foi levada de geração a geração até os dias de hoje.

No Brasil, a Árvore de Natal é geralmente montada no final do mês de novembro e só deve ser retirada após o Dia de Reis (6 de janeiro). Normalmente, a Árvore de Natal pode ser um pinheiro natural ou artificial, enfeitados com objetos que simbolizem o Natal e luzinhas. Entretanto, podemos utilizar diversos materiais diferentes e divertidos, condizente com a nossa realidade, para a confecção deste símbolo natalino, o importante é ser criativo.

ÁRVORE 01 ÁRVORE 02 ÁRVORE 03 ÁRVORE 04 ÁRVORE 05

Na Jardinaria você encontra diversas opções de Árvores de Natal para deixar o seu lar ainda mais encantador, venha conferir!

Espécies Vegetais Para a Praia!

Escrito por Jardinaria

Nada lembra melhor a praia do que coqueiro, concorda? Mas, hoje iremos te apresentar algumas árvores que podem ser cultivadas a beira-mar!

Calor, areia e sal são presenças marcantes num país tropical. Sobretudo no nosso, que conta com 8.000 quilômetros de praias. Contudo, uma paisagem tropical pressupõe também muito verde, muitas flores, vegetação densa e exuberante. Conciliar essas duas variáveis é o segredo de um belo jardim de praia.

Em regiões litorâneas, nada pode ser mais desejável que uma boa sombra. Mas as árvores têm também outras importantes funções num jardim de praia. E a maior delas é, sem sombra de dúvida, barrar o vento impregnado de sal. Portanto, antes de qualquer coisa, ao planejar um jardim no litoral deve-se pensar nas árvores. Árvores adequadas, plantadas nos lugares certos, é que vão criar as condições ideais de sobrevivência para as demais espécies vegetais que emprestarão exuberância ao local.

Veja a seguir algumas espécies recomendadas:

Mangueira (Mangifera indica)

Trazida da Índia para o Brasil no séc. XVI, é uma árvore de grande porte, e oferece sombra densa. Uma verdadeira “gigante” pode ter até 30 metros de altura. Suas flores atraem abelhas e seus doces frutos, presentes no verão, dispensam comentários.

mangueira

Retiramos esta imagem daqui.

Chapéu de Sol (Terminalia catappa)

Cultivado praticamente em todo o litoral do Brasil, ele foi trazido da Ásia para cá por volta do séc. XVI e acabou incorporando-se à paisagem. Chega a ter até 5 metros de altura, com uma ramificação horizontal e folhas agrupadas nas extremidades dos ramos. Suas folhas são de um verde intenso, mas no inverno tornam-se avermelhadas. Seus frutos são atrativos para pássaros e suas sementes resistem muitos dias, mesmo boiando nas águas do mar.

Terminalia_catappa_whole_plants_photo_file_89_KB

Retiramos esta imagem daqui.

Cajueiro (Anacardium occidentalle)

Originária da América Tropical, é uma árvore típica das regiões de praia e até prefere solos arenosos para seu desenvolvimento. Produz uma copa ampla e espalhada, atingindo a altura de 8 metros. Suas flores atraem muitas abelhas.

50-sementes-de-caju-vermelho-anacardium-occidentale-l-773101-MLB20270165507_032015-O

Retiramos esta imagem daqui.

Flamboyant (Delonix regia)

Originária de Madagascar, no leste africano, esta árvore é indicada para ornamentação de grandes áreas, pois apresenta copa larga e densa, devido à ampla ramificação. Quando adulta, chega a ter até 15 metros de altura, produzindo flores vermelhas ou alaranjadas durante a primavera.

Flaboyant1

Retiramos esta imagem daqui.

Pitangueira (Eugenia uniflora)

Árvore pequena, nativa das matas brasileiras, que apresenta manchas acinzentadas no tronco, em função da descamação anual. Seu crescimento é lento, preferindo os solos drenados. Seus frutos são vermelho-alaranjados e muito apreciados para consumo “in natura” e preparo de sucos.

eugenia-uniflora-800x535

Retiramos esta imagem daqui.

Aroeira (Schinus terebinthifolius)

A Aroeira é uma árvore de pequeno a médio porte, capaz de alcançar de 5 a 10 metros de altura. As flores são pequenas, branco-esverdeadas, e são muito atrativas para abelhas. Os frutos são pequenas drupas, esféricas, rosadas a avermelhadas, que servem como condimento e alimentam as aves silvestres. O florescimento ocorre na primavera e no outono.

aroeira

Retiramos esta imagem daqui.

Massaranduba (Pouteria torta)

Originária do centro sul do país e regiões Amazônicas, possui uma altura de 8 a 14 metros, com tronco retilíneo de 40 a 60 cm de diâmetro. Suas folhas são simples, desprovidas de pêlos e de formas e tamanhos variáveis. A madeira é suavemente pesada, dura, textura média e de baixa resistência ao apodrecimento.

massaranduba

Retiramos esta imagem daqui.

Algodoeiro (Hibiscus pernambucensis)

Trata-se de uma árvore de até 10 metros de altura, originária das ilhas do oceano Pacífico e da Índia, e cultivada no Brasil como ornamental. Sua flor é amarela, vistosa, de pouca durabilidade na planta.

algodoeiro

Retiramos esta imagem daqui.

Cocoloba (Coccoloba uvifera)

Originária da América Tropical, possui uma altura de 5-7m, possui folhas alternas, simples, grandes, largamente cordiformes, coriáceas, de margens onduladas, verde-brilhantes, com nervuras avermelhadas, posicionadas geralmente no sentido vertical. Frutos periformes, vermelho-arroxeados, pequenos, com pouca polpa e uma semente elítica de ápice agudo e rugas verticais. Não é indicada para as regiões sujeitas a geadas do sul e sudeste do Brasil.

Coccoloba uvifera

Retiramos esta imagem daqui.

Jasmim Manga (Plumeria rubra)

Nativa do sul do México, América Central e Costa Rica, ela alcança com rapidez os seus 6 metros de altura. Existem várias espécies com flores amarelas, brancas ou róseas. Floresce entre a primavera e o verão, perdendo as folhas no inverno.

PlumeriaRubraws700

Retiramos esta imagem daqui.

Coqueiro (Cocos nucifera)

Tem no litoral o seu habitat típico. Acredita-se que chegou à nossa costa vindo da Índia. Embora tecnicamente não seja uma árvore, seu porte o torna útil na obtenção de boa sombra. O coqueiro é uma palmeira de porte alto, que alcança com facilidade 8 metros de altura, com seu tronco característico e arqueado. Possui nos seus frutos um atrativo especial, pois são muito usados na alimentação.

IMG8236x7

Retiramos esta imagem daqui.

Agora que você já tem algumas sugestões, basta escolher o que plantar em seu jardim de praia que pode ser realmente fantástico!

 

Bem-Vinda Primavera!

Escrito por Jardinaria

Primavera é quando, num pedacinho de terra, as flores se abrem, o sol fica mais forte e a vida mais alegre! Das quatro estações é a mais bonita, colore a terra, perfuma o ar e contagia os corações sensíveis com sua alegria!

PRIMAVERA 01 (Large)

Na Jardinaria você encontra diversas opções de flores e objetos para deixar a sua casa no clima da Primavera durante todo o ano! Bem-Vinda Primavera!

Dia da Árvore!

Escrito por Jardinaria

As árvores são fundamentais para o equilíbrio do nosso planeta. Elas ajudam a purificar o ar que respiramos e ainda ajudam a reduzir em até 10% o consumo de energia, porque as folhas e raízes contribuem para o controle do clima. As folhas liberam umidade no ar amenizando o calor. Uma só árvore pode liberar até 150 mil litros de água no meio ambiente por ano. Elas desenvolvem um papel de grande importância no ecossistema. através delas são mantidos mais de 50% da biodiversidade, várias formas de vida como plantas, aves, mamíferos, insetos, etc.

Elas também diminuem a poluição sonora e os ventos, mantém a umidade do ar e a regularidade das chuvas, suas raízes evitam a erosão e tornam os solos mais saudáveis. Produzem frutos, flores, sementes, madeiras, fibras, látex, resinas e pigmentos. E ainda de várias árvores são extraídos medicamentos e cosméticos.

Nada mais justo do que homenagearmos devidamente as árvores neste dia 21 de setembro, Dia da Árvore. Mas o importante mesmo é valorizá-las no nosso dia-a-dia. Cuidando delas e lutando pela preservação das mesmas. E que todos os dias possamos celebrar como sendo Dia da Árvore.

DIA DA ÁRVORE - NOVO