Tag Archives: móveis

CACHEPOT, ÁRVORE OU BANCO?

Escrito por Mariana

Olha que inusitado! A designer Louise Hederstrom criou para a Nola, marca de design escandinava que já criou vários objetos premiados neste segmento, um cachepot chamado de Willow. Este é inspirado na willow tree (o salgueiro, para nós) e tem a forma de um tronco com galhos com aberturas onde podem ser colocadas as plantas. Assim, dá para ter várias espécies de plantas em um mesmo lugar, reduzindo a quantidade de cachepots espalhados.E ainda pode ser encaixado um disco de madeira e servir como banco ou mesa lateral.  Tem uma carinha de coisa de criança e é divertido e usável. Eu gostei!!!

Se o blog ficar um pouco abandonado esses dias, vocês já sabem porquê.

Escrito por Kika

Para quem ainda não sabe, eu estou morando em São Paulo {contei a novidade aqui}, e se já estava tudo uma correria só, agora piorou. O caminhão de mudança chegou com minhas tralhas todas na sexta-feira. Quando eu soube que ele estava a caminho senti um misto de alívio {é, eu precisa dos móveis para organizar a bagunça} e desespero {é, eu não sou rica para comprar tudo novo e terei que arrumar tudo sozinha}, mas quando finalmente as coisas chegaram aqui em casa e a casa foi virando um depósito de caixas, eu não sei nem dizer o que senti. Acho que eu fiquei feliz, mas não tenho certeza {hahaha}. A única certeza que tenho é que agora eu vou passar meses desencaixotando e lutando para arranjar um devido lugar para cada coisa. Por um lado, sei que vai ser divertido {é, eu sou capaz de me divertir e me sinto bem quando estou pondo a casa em ordem}, mas, por outro, sei que será um sufoco, pois o tempo que vai levar para as caixas todas sumirem daqui eu não faço em idéia. E tempo é exatamente o problema {sempre é, né?!}. Por isso o título deste post. E se ainda não foi possível perceber a intensidade do meu desespero, olha aí ao que se resume minha casa neste momento {é, eu ainda não tive coragem de abrir a maioria das caixas e na sexta-feira resolvi ficar só fotografando. rs}:

– a sala e o meu filho {ao contrário de mim} super curtindo

– a entrada para a cozinha– a cozinha– o quarto dos meninos– um momento para rir um pouco {ufa!} com o capitão plástico bolha– o meu quarto– e o meu filho ainda achou que tinha pouca caixa em casa e deixou esse recado para a faxineira
“Rosa, não joga fora, pv” {acho que pv é por favor}

Ah, apesar de tudo {e ainda por cima}, arranjei mais uma ocupação. Volta aqui depois de amanhã que eu conto. É coisa boa, prometo.

Prateleira de tronco

Escrito por Kika

Projetinho fácil, para dar um ar diferente à sala.Achei no site Design Sponge e resolvi mostrar aqui para vocês porque, pelo que o mundo virtual vem indicando, galhos e troncos pela casa estão super em alta. Então, se você curtiu a ideia, traga um pedacinho de natureza para dentro da sua casa também.

O material necessário é:
– Um pedaço de tronco (de qualquer comprimento e aproximadamente 15 cm de diâmetro).
– Uma serra de mesa ou serrote (ou você pode ir a um marceneiro e pedir para ele cortar).
– Suportes em forma de L (ou qualquer mão francesa, encontradas facilmente em lojas de decoração ou materiais de construção. Lembre-se apenas que o suporte deve ser um pouco menor que a profundidade do “tronco-prateleira”, isto é, deve ter a entre 11 e 14 cm)

E para montar, siga estas instruções:
1. Corte fora as bordas externas em lados opostos do tronco, para que você tenha a base e a parte de cima planas.2. Vá “fatiando” o galho em pedaços de aproximadamente 5 ou 6 cm de espessura e mantenha uma das bordas (que ficará exposta) com as cascas.

3. Agora você tem pranchas com a base, a parte superior e o fundo planos e as bordas com cascas.4. Marque uma linha de nível em sua parede e aparafuse os suportes nela. Depois aparafuse os suportes nas bases das pranchas.Pronto! Agora você tem prateleiras bem originais e rústicas, que custaram baratinho e ainda estão na moda.

{Quem fizer e quiser me mandar fotos, vou adorar}

Ah, e se quiser dar outras funções ao tronco, pode copiar essa sugestão aqui, ó:O tronco se transforma em vaso e fica uma graça! Gostei muito.