Tag Archives: plantas

DICA – TENHA PLANTAS POR PERTO

Escrito por Mariana

Uma só planta pode remover partículas contaminadas do ar em um espaço de 9 m², sabia?

As plantas aumentam a ionização negativa do ar e o carregam de oxigênio, aumentando nossa produtividade em 10%.

E aí? Está esperando o que para vir escolher uma planta para a sua casa ou escritório?

QUANDO REGAR?

Escrito por Mariana

O post sobre o Dia da Água me fez escrever este post. Afinal, regar da forma correta também é um jeito de economizar água.

O intervalo entre as regas de plantas de vasos é algo muito relativo. Depende da espécie, do tamanho, do solo, das condições climáticas, da incidência de sol e da incidência de ventos no local em que está a planta. Afora cactos, suculentas e similares – que só devem ser regados uma vez por semana e com parcimônia – determinar o intervalo de rega de uma planta é perigoso. E pode ser fatal!

Quem tem o costume de ter plantas e cuidar sabe que a rega varia de uma semana em que choveu para uma em que não choveu, de uma estação do ano para outra, de um canto da sala para outro, da posição poente para nascente… São muitas as variáveis. E por isso, na Jardinaria, a gente ensina um truquezinho que facilita bastante.

Você deve todos os dias tocar a terra do vaso. Isso! Enfie o dedo na terra (afaste o musgo, a casca de pínus, o pedrisco ou qualquer outro acabamento que tenha em cima da terra). E aí é só sentir a umidade. Se a terra ainda estiver úmida, não está na hora de regar de novo. Se ela já estiver sequinha, mãos à obra! Se estiver úmida uma quantidade grande de terra irá grudar no seu dedo; se estiver seca, pouca ou nenhuma terra grudará.

Bora, gente! Deixa de preguiça, de frescura e de nojo! É apenas terra! Mas também dá pra usar um palito de sorvete, se preferirem.

Terra úmida

Terra seca

E agora, sobre a quantidade de água. Aqui o tamanho do vaso e da planta será determinante. Em vasos pequenos ( conhecidos como os de violeta e os de crisântemos) são aproximadamente três dedos de água (60 ml). Em um médio (equivalente ao vaso plástico número 5), aproximadamente meio copo (125 ml). E em um grande (equivalente ao vaso plástico número 7), aproximadamente 01 copo de água (250 ml). Ah, e é mais eficaz molhar diretamente a terra do que as plantas. Existem algumas espécies que não toleram água direta no corpo.

Observem que isto tudo são orientações. Pois para a rega não existem regras ! E com o tempo e a prática você sentirá o que é adequado.

Outra coisa importante: se seu vaso tem um pratinho embaixo, caso chegue água ao prato, é sinal de que a rega foi exagerada. O prato é apenas um recurso para receber a água em excesso e evitar que ela escorra pela superfície onde está o vaso (chão, mesa, parapeito, etc). Não é legal que isso ocorra sucessivamente.

Nossa experiência na loja é que as plantas dos clientes morrem muito mais por excesso do que por falta de água. É muito melhor regar uma quantidade menor, dando intervalos menores entre as regas, do que regar uma quantidade maior e dar intervalos muito longos. Muita gente faz a segunda opção, pensando em economizar tempo. Não funciona. É só pensar no nosso próprio organismo: de nada vale tomar dois litros de água de uma só vez e passar o resto do dia inteiro sem beber água. Temos que tomar uma menor quantidade de água em um menor intervalo, correto?!

E com o que regar? Para vasinhos pequenos, o ideal são copos ou garrafinhas com bicos dosadores. No caso de cactos e suculentas, temos clientes que usam seringas e acham bem prático. Já para vasos médios e grandes, o regador também é uma opção e o que tem o bico em forma de chuveirinho é ótimo. Não indicamos o uso de borrifadores para a rega, já que eles apenas umidificam,a quantidade de água que dispersam é pouca e pode atingir apenas a camada superficial da terra.

E lembre-se: NÃO há nenhuma espécie de planta que não precise ser regada. A não ser que você escolha uma artificial (ai, que mau gosto! que peninha!). Parece brincadeira este lembrete, mas já chegaram várias clientes na loja com plantas mortinhas da silva que não tinham sido regadas porque “Achei que não precisava…”.

Oficina de jardinagem para Crianças

Escrito por Mariana

Temos uma notícia ótima para essas férias de julho! A Jardinaria está promovendo uma oficina de jardinagem para crianças! As aulas são dadas pela técnica em paisagismo e jardinagem, Eunice Vaz, que também é pedagoga infantil e já tem uma experiência de cinco anos em uma escola.

E nada melhor que a própria Eunice – que já ministrou a oficina em alguns outros locais e foi sempre um sucesso – para se apresentar para vocês. Seguem as palavras dela:
“Todas as decisões que tomamos têm implicações na vida, envolvendo algum tipo de risco. Na vida profissional ou social, as decisões que tomamos é que determinam sucesso ou fracasso, ganho ou perda, vitória ou derrota.
Fui professora de educação infantil e sabia que essa era a minha vocação ou melhor é. Na época que resolvir deixar as salas de aula por vários momentos passou pela minha cabeça que estava tomando uma decisão precipitada, mas resolvir a riscar. Comecei a fazer o curso de paisagismo no centro de estudos paisagísticos do Recife- CEPA. Naquelas aulas aprendi sobre projetos e a arte da jardinagem.No começo não foi fácil, agora é que estou começando colher os frutos da minha plantação.
Certo dia resolvir levar uma filha da minha amiga a uma oficina de arte e aquele local me agradou muito, voltei para casa e fiquei pensando o que poderia construir naquele ambiente, pois a criatividade é algo que não pode faltar, estou sempre criando. E o que fazia falta naquele momento era trabalhar com o público infantil. E porque não trabalhar ? Reservar algumas horas e uma dia da semana as crianças, eu sabia que estava faltando a motivação que encontrei naquele espaço verde e o meu jardim seria as crianças. Resolvir dar uma vez na semana oficina de jardinagem para crianças.Conscientizando desde cedo sobre a importância da preservação do meio ambiente. Ter a criança como um agente multiplicador dos conceitos de responsabilidade social e  ambiental através das oficinas. A primeira oficina trouxe um retorno de imediato, não esperava uma resposta tão rápida. Hoje sou solicitada para dar aulas em vários locais e tento conciliar sempre que posso, pois me sinto realizada e tenho muitos outros projetos em mente.
A oficina é a minha motivação para continuar fazendo esse trabalho que só tem dado alegrias e satisfação.”

Inicialmente, as oficinas acontecerão às quartas e quintas-feiras pela tarde. E se houver procura pelo turno da manhã, estudaremos a possibilidade. O valor por oficina é R$ 40,00 e todo o material está incluso: areia, mudas, sementes, vasos e elementos decorativos. Cada oficina tem a duração de duas horas, começando às 15 horas e terminando às 17 horas. O limite são 10 alunos por oficina, sendo as crianças com idades entre 04 e 08 anos.

As datas:
Quarta-feira, dia 04 de julho, e quinta-feira, dia 05 de julho.
Quarta-feira, dia 11 de julho, e quinta-feira, dia 12 de julho.
Quarta-feira, dia 18 de julho, e quinta-feira, dia 19 de julho.
Quarta-feira, dia 25 de julho, e quinta-feira, dia 26 de julho.

Para fazer a reserva dos seus filhotes é só ir na loja ou ligar (32661184 / 32681152) e dizer a data da sua preferência e o nome das crianças e o telefone para contato. O pagamento deve ser feito antecipadamente em dinheiro ou cheque.

É uma oportunidade ótima para as crianças terem contato com a natureza, aprenderem a cultivar hortaliças como alimento e conscientizar da importância de saborear um alimento saudável e nutritivo. Tudo isso, brincando e utilizando materiais reciclados.

Aproveito para postar o folheto da oficina e algumas fotos:(cliquem sobre a imagem para ampliar)Vai ser uma farra!!!

Ah, as oficinas ocorrerão numa área coberta que temos no jardim da loja; então se chover, todos estarão protegidos!

Esperamos vocês!